Receba nosso FEED gratuitamente em seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

 

A obra Don Quixote de la Mancha, escrito por Miguel de Cervantes Saavedra, teve sua primeira edição publicada no dia 16 de janeiro de 1605.

É uma das obras-primas da literatura espanhola e da literatura universal e também o livro mais traduzido. Esta obra literária marcou o início do romance moderno e o nascimento do “mito quixotesco” ou a defesa dos mais elevados princípios morais.

(Inteiro Postal)

Segundo Fiódor Dostoiévski:

“Não existe nada mais profundo e poderoso do que este livro. Representa até hoje a mais grandiosa e acabada expressão da mente humana. Se o mundo acabasse e no Além nos perguntassem: ‘Então, o que você aprendeu da vida?’, poderíamos simplesmente mostrar o D. Quixote e dizer: ‘Esta é a minha conclusão sobre a vida. E você? O que me diz?’.”

(Franquia Mecânica)

A obra, em suma, conta a estória de um homem que vivia numa fazenda pequena no vilarejo de La Mancha, o qual gastava a maior parte de seu tempo lendo livros de cavalaria e, de tanto acreditar nas fantasias que lia acabou enlouquecendo. Decide então que, como cavaleiro a serviço da pátria e da honra, deve sair pelo mundo buscando aventuras. Nomeia-se Dom Quixote. Assim como nas estórias de cavalaria que havia lido, todo cavaleiro necessitava de uma dama para guardar a honra, e elegeu a sua como Dulcineia, uma labradora por quem havia sido apaixonado. Tendo tomado as primeiras providências, monta em Rocinante, seu cavalo, e parte.

Dom Quixote passa um dia inteiro caminhando debaixo do sol e, ao deparar-se com uma humilde venda, a visualiza como um imponente castelo. Pede ao vendedor que lhe ordene cavaleiro do castelo, quase ouvindo os risos do rapaz. No dia seguinte encontra um grupo de comerciantes, o qual vê como adversários e investe contra eles.

(Carimbo Comemorativo)

Cai de Rocinante e apanha com várias pauladas. Aparece então um conhecido de La Mancha que, ao encontrar o cavaleiro gemendo de dor, o leva novamente para a fazenda que vivia. Ao saber de tudo o que ocorrera, a sobrinha de Dom Quixote queima seus livros de cavalaria, esperando assim devolver à sanidade de seu tio.

(Prova)

Todos achavam que o problema havia sido resolvido, mas rapidamente Dom Quixote foge e retoma suas aventuras. Agora, porém, ele não estaria sozinho: contatou um labrador ingênuo e lhe solicita que seja seu companheiro, prometendo-lhe em troca uma ilha para governar. O lavrador – Sancho Pança – aceita, e assim partes em diversas aventuras.

Numa das viagens, Dom Quixote nota diversos moinhos de vento, e os enxerga como gigantes. É alertado por Sancho de que são apenas moinhos, mas totalmente incrédulo, arremete-se contra um dos moinhos, sendo lançado para longe.

(Inteiro Postal)

Pança rapidamente o socorre, e percebe que ele não daria o braço a vencer: alegou que, ao notar que Quixote sairia vencedor, um feiticeiro transformou os gigantes em moinhos.

(Carimbo Comemorativo)

Na ânsia de homenagear sua dama e combater todas as injustiças que encontrasse, o cavaleiro segue com seu ajudante enfrentando muitas situações ridículas – consideradas por ele como perigosas. O ônus de suas aventuras – ou desventuras – sempre são pauladas, pedradas, surras e enganos.

Por vezes tentam levá-lo de volta para sua casa, a fim de que se trate, mas ele sempre sente que precisa defender a pátria e volta a fugir.

Conhecendo o autor:
Mantenedor do Portal do Filatelista Temático
CARLOS DALMIRO SILVA SOARES é atuante filatelista temático (hobby pelo qual é apaixonado desde a infância), jurado FEBRAF, palestrante filatélico, bem como, coordenador da comissão para juventude da Federação Brasileira de Filatelia (FEBRAF), representando o país nas correlatas existentes na FIAF e na FIP. Coleciona os seguintes temas: petróleo, energia nuclear, terremoto, Lenim, Centauros e Orixás.

All rights reserved.

In case of using any material, a reference to "Topical Philately" is mandatory!

The stamp designs themselves are properties of the respective countries' postal agencies, as well as, all other trademarks and copyrights on this page are property of their respective owners.

Topical Philately é uma página não comercial e não oficial de divulgação da Filatelia Temática. É uma página aberta à filatelia no mundo. Este espaço também é seu. Colabore.


Topical Philately is a non commercial and non official home page to publish the Topical Philately. It is an international home page opened to the philately. This coin is also yours. We expect your collaboration.


Topical Philately est une page non commerciale et non officielle pour montrer la philatélie thématique. Elle est aussi une page ouverte à la philatélie internationale. Cet espace est aussi à vous. Nous attendons votre collaboration.

(c) Home page da Topical Philately – Divulgado na Rede a partir 01/VIII/2008.

(c) Petroleum: The Black Gold – Divulgado na Rede a partir 05/X/1996

(c) Nuclear Energy – Divulgado na Rede a partir 05/X/2007

(c) Earthquake – Divulgado na Rede a partir 21/IX/2009

(c) For Teacher  – Divulgado na Rede a partir 04/I/2011

(c) Bee – Divulgado na Rede a partir 22/IV/2012

(c) Lenin – Divulgado na Rede a partir 06/VI/2012

(c) Centauro – Divulgado na Rede a partir 17/IV/2013

(c) Filatelia Juvenil – Divulgado na Rede a partir 21/II/2014

(c) Matriusca – Divulgado na Rede a partir 08/IX/2015

Jan 1, 1970
>> Leia mais no Portal do Filatelista Temático <<
Jan 1, 1970
>> Leia mais no Portal do Filatelista Temático <<
Jan 1, 1970
>> Leia mais no Portal do Filatelista Temático <<
×
Mantenedor do Portal do Filatelista Temático
CARLOS DALMIRO SILVA SOARES é atuante filatelista temático (hobby pelo qual é apaixonado desde a infância), jurado FEBRAF, palestrante filatélico, bem como, coordenador da comissão para juventude da Federação Brasileira de Filatelia (FEBRAF), representando o país nas correlatas existentes na FIAF e na FIP. Coleciona os seguintes temas: petróleo, energia nuclear, terremoto, Lenim, Centauros e Orixás.
Esse artigo foi útil?

Obrigado Seu feedback ajuda-nos a melhor os serviços do Portal do Filatelista Temático!